Uma dúvida comum de quem chega até este blog é como se pode fazer um bom resumo sem ser repetitivo ou simplesmente copiar trechos de um texto. Este é um erro tão comum nas salas de aulas de escolas e faculdades que tenho sistematicamente trabalhado com isso. Para as séries iniciais, trabalho com relatórios semanais em que os alunos mesmos montam propostas de redação e, para isso, precisam selecionar, organizar e elaborar resumos de textos que são publicados em noticiários. Mas não é possível alcançar tantos alunos assim pelos métodos tradicionais. Por isso mesmo é que recorro às tecnologias como este blog. Pensando nisso, colocarei abaixo algumas técnicas/dicas que uso para resumir os textos que preciso condensar.
 
Aprenda a fazer resumos e estude mais e melhor para o vestibular.
 
Claro que expor o texto em um número reduzido de linhas não parece ser fácil, mas alguns passos podem ser pensados de forma mais objetiva para realizar tal tarefa. não custa lembrar ainda que a partir da leitura dos textos e consequente resumo das ideia,s vamos ter mais argumentos para fazer melhores textos dissertativos.
  1. Sempre faça uma primeira leitura, cuidadosa, atenta, da obra em questão. No caso de livros, você pode pensar em capítulos, ou cenas. É interessante, no entanto, estabelecer o assunto da obra nessa primeira leitura;
  2. Durante a primeira leitura que foi a dica anterior, marque as palavras que não conhecer. Não é necessário ainda sair correndo para um dicionário, mas tenha me mente que entender um texto passa por esse trabalho de significação das palavras;
  3. Faça, agora, um breve resumo dos parágrafos, capítulos, seja lá como foi sua escolha ao dividir a obra. Procure ater-se às palavras-chave;
  4. Com um pequeno resumo em mãos, você agora precisa verificar se o que escreveu mantém a coerência com a obra na íntegra;
  5. Faça um cotejamento [verificação com a obra integral] e note se não há lacunas significativas. É essa a hora de consertar isso;
  6. Verifique, ao final do trabalho, se seu resumo é coerente com as opiniões do autor. Não é raro um texto, mesmo coerente com a obra, não revele a opinião do autor original. Isso é bem possível se o resumo for “mal feito”.
É isso, espero que vocês treinem e que não façam apenas cópias das obras. O resumo sempre foi e é uma das melhores maneiras de estudar para o ENEM, vestibular e concursos públicos.

Deixe seu comentário

-Todos os direitor reservados | Administrado por Profº Rogério Souza | Google+.-